Uma receita saborosa de batatas ao molho bolonhesa

A ideia é simples: substituir a massa por batatas só para variar e criar um prato diferente.  É uma boa sugestão para prato único, rápido e fácil de fazer.

Ingredientes: 

5 ou 6 batatas médias, 200gr de carne moída, 300gr de molho de tomate, 2 cebolas, queijo para gratinar, azeite, sal, pimienta, manjericão e orégano.

Captura de Tela 2015-07-19 às 13.29.34

Cozinhe as batatas no ponto que você desejar. Prefiro al dente e sempre cozinho a batata com a casca.
Doure a cebola cortada em fatias primeiro (você também pode adicionar um pouco de cenoura e salsão/aipo), em seguida, adicione a carne moída e, finalmente, o molho de tomate. Ajuste o sal, adicione um pouco de pimenta, manjericão e orégano e reserve.

Para finalizar o prato, o melhor é colocar as batatas em uma panela ou assadeira, adicione o molho à bolonhesa, cubra com uma enorme quantidade de queijo e assar no forno até que esteja derretido e dourado.

Captura de Tela 2015-07-19 às 13.29.45

Sobrou macarrão? Aproveite em deliciosas receitas

Existe uma campanha internacional contra o despedício de alimentos “Love Food, Hate Waste” (tradução: “ame a comida, deteste o desperdício”) e nós apoiamos a iniciativa! O Waste & Resources Action Programme (WRAP) descobriu que pessoas que planejam, criam listas de compras e monitoram os alimentos que têm disponíveis na despensa, desperdiçam menos comida do que os “compradores espontâneos”. E uma das ações da organização é incentivar as pessoas a tirar proveito das sobras de alimentos em novas receitas.

Dentro desta abordagem, abaixo sugerimos abaixo a omelete (frittata di pasta) e o suflê. Ambas aproveitam a sobra da massa que ficou na panela ou na travessa. Mãos à obra e buon appetito!

Omelete de macarrão

Omelete de macarrão leva ovos e queijo.
Omelete de macarrão leva ovos e queijo.

 

 

Ingredientes: 400 gr Pasta (ou sobras de massa – normalmente sobra massa de tomate)

4 ovos 40 gr Parmiggiano/parmesão (ralado)

100 gr mussarela (cortado em cubos)

10 gr Salsa (picada)

50ml Azeite Sal e pimenta (a gosto)

 

Em uma tigela, misture os ovos e o parmesão com uma pitada de sal e pimenta. Adicione o macarrão (ou sobras de macarrão) , salsa e mussarela nos ovos batidos até ficar bem misturado. Aqueça um pouco de óleo em uma frigideira e adicione a mistura de macarrão com ovos e cozinhe por 9 minutos de cada lado em fogo médio. Coloque sobre um prato e polvilhe o parmesão e salpique a salsa picada por cima.

Suflê de macarrão

Suflê de macarrão com queijo rende 10 porções.
Suflê de macarrão com queijo rende 10 porções.

 

 

(receita da Abima)

3 xícaras (chá) de sobras de macarrão cozido

500ml de leite frio

1 colher (sopa) de cebola cortada em cubinhos

1 envelope de caldo de legumes em pó

4 gemas 100ml de óleo

¾ de xícara de chá de farinha de trigo

1 colher de sopa de fermento em pó

50g de queijo tipo parmesão

50g de queijo tipo provolone (opcional)

½ xícara (chá) de cheiro verde fresco cortado

Sal e pimenta do reino a gosto

4 claras batidas em neve

Recheio

1 colher (sopa) de queijo tipo gorgonzola ralado grosso

100g de queijo tipo suíço ou prato, ralado ou em cubinhos

4 colheres (sopa) de requeijão firme

Noz moscada e pimenta-do-reino a gosto

Cobertura 50g de queijo tipo parmesão ralado

2 colheres (sopa) de farinha de rosca

Para assar 10 formas pequenas untadas com manteiga e polvilhadas com farinha de rosca

Recheio Misture os queijos com o requeijão, tempere com noz moscada e pimenta-do-reino a gosto. Reserve Massa Bata no liquidificador o macarrão, o leite, a cebola, o caldo de legumes e as gemas. Em uma tigela, misture o óleo, a farinha de trigo com o fermento, os queijos e o cheiro verde. Tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto. Por último, misture delicadamente as claras em neve Coloque uma porção de massa na forma, espalhe o recheio e cubra com mais uma porção de massa. Coloque a cobertura e leve para assar em forno médio até dourar Rendimento: 10 porções

Pão com manteiga de ervas

Uma entrada ou petisco para deixar memórias gustativas nos amigos e na família.

Pão com manteiga de ervas
(receita Sweet Paul Mag)

Ingredientes

1 baguette
1 dente de alho finamente picado
100 gr de manteiga, em temperatura ambiente
1/3 xícara de queijo forte, ralado (como Parmesão)
3 colheres de sopa de ervas frescas, finamente picadas (como a salsa e alecrim)

1. Use uma faca para fazer muitos cortes profundos em toda a baguette, mas sem cortar o pão durante todo o tempo.
2.Combine a manteiga amolecida com o queijo ralado, ervas e alho.
3. Preencha os cortes do pão com a manteiga de ervas.
4.Embrulhe o pão com papel alumínio e leve ao forno por 15 minutos.
6.Sirve imediatamente.

Pão com manteiga de ervas quentinho para espalhar o aroma pela casa.
Sirva o pão quentinho e espalhar o aroma pela casa. Foto:  Sweet Paul Magazine.

Macarrão com feijão é tradicional na Itália

Tem gente que acha que é invenção de brasileiro. Mas o “feijão com macarrão” é uma das receitas mais tradicionais da Itália e tem várias versões.

O consumo do prato é popular em todo o país, mas apesar de ter nascido nas tabernas antigas de Roma, sabe-se que Veneto e Toscana são o duas regiões consideradas hoje o berço do prato de Pasta e Fagioli.

Na região de Veneto era tradição rural para preparar o feijão com pasta no início do outono. Trata-se de uma comida associada aos camponeses porque é nesta época em que o porco é abatido. Ou seja, o bacon e o feijão são os ingredientes que são produzidos ali mesmo… no próprio quintal.

Prepare 1/2 litro caldo de carne ou de legumes e reserve. Pique 1 cebola, 1 cenoura e 1 talo de aipo (salsão) e 1 dente de alho (1) coloque para refogar em 2 colheres de sopa de óleo(2). Acrescente  uma xícara de molho de tomate (3);
Prepare 1/2 litro caldo de carne ou de legumes e reserve. Pique 1 cebola, 1 cenoura e 1 talo de aipo (salsão) e 1 dente de alho (1) coloque para refogar em 2 colheres de sopa de óleo(2). Acrescente uma xícara de molho de tomate (3);

 

deixe ferver  e acrescente  1 concha de caldo de carne ou legumes e deixe reduzir e reserve (4). Pique pedacinhos de bacon e frite em panela antiaderente, em seguida, adicione o feijão cozido e mais duas conchas de caldo e deixe ferver por alguns minutos para que o feijão absorva o caldo (5). Neste ponto, adicionar os grãos com o bacon frito no sofrito (legumes picados e molho de tomates reservados) e cozinhe em conjunto durante alguns minutos (6).
deixe ferver e acrescente 1 concha de caldo de carne ou legumes e deixe reduzir e reserve (4).
Pique pedacinhos de bacon e frite em panela antiaderente, em seguida, adicione o feijão cozido e mais duas conchas de caldo e deixe ferver por alguns minutos para que o feijão absorva o caldo (5). Neste ponto, adicionar os grãos com o bacon frito no sofrito (legumes picados e molho de tomates reservados) e cozinhe em conjunto durante alguns minutos (6).

 

Coloque para ferver o macarrão de sua escolha (pode ser massa curta ou longa) em água salgada (7) depois de cozida, junte com o feijão que você preparou (8). Finalize comum pouco mais de azeite e pimenta preta moída. Sirva quente.
Coloque para ferver o macarrão de sua escolha (pode ser massa curta ou longa) em água salgada (7) depois de cozida, junte com o feijão que você preparou (8). Finalize comum pouco mais de azeite e pimenta preta moída. Sirva quente.

Fonte: http://ricette.giallozafferano.it/

Struffoli: sobremesa italiana de Natal

Strufolli: sobremesa típica do Natal na Itália.

Dá para saborear o Struffoli durante todo o ano, mas a sobremesa é típica na ceia de Natal. É muito fácil de fazer.

Ingredientes
2 ovos
4 colheres (sopa) de açúcar
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 colher (sopa) de rum (limoncello, conhaque ou cachaça)
2 colheres de manteiga
Raspas de 1 limão
1 2/3 xícara de chá de farinha de trigo peneirada (ou que baste)

1) Bata com um garfo os ovos, o açúcar, o rum (limoncello, conhaque ou cachaça) e a manteiga. Acrescente as raspas de limão e o fermento em pó, mexa bem. Vá juntando a farinha aos poucos até dar ponto de enrolar, fica uma massa lisa e brilhante. Deixe descansar coberta na geladeira por meia hora pelo menos.

2) Abra a massa em rolinhos compridos com 1 cm de diâmetro, como nhoque, e corte a espaços de 1 a 1,5 cm. Depois de cortar todos, enrole levemente só para deixar redondinho. O ideal é que fique do tamanho de um grão-de-bico (cozido) porque eles crescem depois de fritos.

3) Frite em óleo quente. Se precisar deixe em fogo médio ou baixo. Vire sempre as bolinhas,  até dourar. Escorra e reserve.

Calda
1/2 xícara de mel
raspas de laranja e confeitos (pode ser pinholes ou, para dar um sabor tropical, castanha de caju moída)

Finalização
Regue as bolinhas e arranje-as sobre um prato em forma de pirâmide. Derrame mel várias vezes sobre as bolinhas, elas ficam crocantes por fora e absorvem o mel. Sirva no final da ceia, com o cafezinho.
Dica: dá para fritar tudo com antecedência. É só guardar em recipiente fechado.
Há também receitas já adaptadas pelos imigrantes no Paraná que usam amendoim. Veja aqui.
Veja mais receitas de Natal em Petit Chef

Fartura em 2012? Lentilhas no Reveillón!

Lá em casa sempre tem lentilhas no Reveillón. O hábito de comê-las na virada do ano foi trazido ao Brasil pelos imigrantes italianos. A gente aderiu, claro.

Dizem que a lentilha atrai fartura porque os pequenos grãos achatados lembram moedas. Além disso, como as lentilhas incham ao cozinhar, conseguem atrair sorte financeira. A dica é comer duas ou três colheres na passagem do ano. Como são deliciosas, vale a pena incluir na ceia, certo?

Outro bom motivo para incluir lentilhas no cardápio é que elas ajudam a diminuir o colesterol já que contém 25% de fibras solúveis. Outras vantagens é que elas têm muitos nutrientes como ácido fólico, B6, magnésio, ferro e triptofano (aminoácido essencial).

Receita básica de lentilha
Escolha e lave as lentilhas. Deixe de molho por 1 hora. Cozinhe as lentilhas em água até amolecerem (de 20 a 30 minutos). Se não tiver tempo de colocar de molho elas apenas demorarão um pouco mais para cozinhar. Use duas xícaras de líquido (pode ser água ou caldo de legumes ou de carne) para cada xícara de lentilha. Se usar água, é recomendável colocar um tipo de erva aromática fresca ou seca (louro, tomilho, orégano ou alecrim).

A partir desta receita básica, você pode escorrer e usar as lentilhas para salada ou preparar carnes e finalizar com as lentilhas.

Mini árvores de Natal feitas de massa de pão

Olha só a receita que garimpamos no blog Cindy Star. Estas árvores são uma ótima opção para decorar a mesa e uma boa entrada para servir no almoço de Natal. Quem tiver tempo de testar a receita, conta pra gente o resultado!

Ingredientes (para 10 árvores)

300 g de farinha forte
50 g de manteiga em temperatura ambiente
50 g de azeite extravirgem
6 g de fermento fresco
2 colheres de açúcar
1 colher de chá de sal
2 colheres de sopa de água morna

Cortadores de biscoitos em formato estrela. O ideal é que sejam de 5 tamanhos diferentes.

Como fazer:

– Em uma tigela derreta o fermento na água morna.
– Adicione a manteiga. Em seguida, óleo, açúcar e mexa até misturar perfeitamente.
– Misture a farinha, o sal, e depois amasse na mão de 8 a 10 minutos.
– Coloque a massa em uma tigela untada com óleo ou manteiga e deixe crescer por uma hora.

– Coloque a massa em uma superfície de trabalho e abra com rolo até ficar em meio centímetro de espessura.
– Corte com os cortadores de estrelas em vários tamanhos. Tente fazer 10 de cada tamanho.
– Coloque as estrelas na assadeira coberta com papel vegetal, pincele com ovo batido e deixe crescer 30/40 minutos.
– Em seguida, leve ao forno a 200°. Depois de 3 minutos abaixe a temperatura para 180° por até 15 minutos.
– Depois de pronto, monte as árvores em palitos (de 15 cm) com a maior estrela na base e a menor no topo.

Dicas:

– Não coloque o cortador e puxe a estrela. Mantenha o molde sobre a massa com uma mão e com a outra puxe a massa em torno do molde: desta forma, as estrelas, especialmente as maiores, ficarão perfeitas.
– Você também pode usar a massa para fazer iniciais dos nomes dos convidados. Pincele com ovo batido e espalhe papoula, gergelim e outras sementes comestíveis antes de assar.

Concurso Pão de Açúcar para comemorar o Ano da Itália no Brasil

Para comemorar o Ano da Itália no Brasil, o Pão de Açúcar criou o “Concurso Cultural Meu Sabor da Semana”.

Receitas de clássicos da cozinha italiana foram enviadas por clientes da rede de supermercados. As receitas vencedoras e premiadas no valor de R$1500,00 foram realizadas pelos chefs Felipe Cilli e Carole Crema. O coquetel foi produzido pelo bartender Marcelo Serrano.

As gravações estão no Youtube. É um jantar completo, com entrada, prato principal e sobremesa. Tem até o coquetel de boas-vindas aos convidados.

Confira os quatro vídeos: Rossini, Sardela La Toscana, Penne Al Gamberi e Zuchinni e Panna Cotta de Leite de Coco com Maracujá e o .

Pasta com camarão e abobrinha ganha prêmio em SP

Finalistas e organizadores do 1º Pasta Gourmet

O 1º Pasta Gourmet Contest Delverde premiou Carlo Peccenini pela criação do tagliatelle de camarão e abobrinha, servido com filé de porco recheado e tomates grelhados (veja receita abaixo).

No evento que escolheu o chef Peccenini, os chefs cozinharam sob  as vistas do público presente com prazo cronometrado (1h30). Os finalistas foram julgados pela apresentação, criatividade e sabor.

O evento foi uma iniciativa conjunta da marca Delverde, do restaurante Friccó e da Associação Brasileira de Alta Gastronomia (Abaga).

O chef vencedor ganhou uma viagem para a região italiana de Abruzzo.

Vencedor foi Carlo Peccenini.

Tagliatelle de camarão e abobrinha
6 porções

500 g de tagliatelle
400 g de camarão limpo
4 abobrinhas italianas
10 folhas de manjericão
6 folhas de hortelã
3 dentes de alho
50 g de amêndoas laminadas torradas
Azeite de oliva; sal e pimenta-do-reino

1 Corte as abobrinhas em fatias de 2 a 3 milímetros de espessura. Passe na frigideira para grelhar e, em seguida, corte-as em tiras. Reserve.
2 Limpe  os camarões e grelhe-os por 5 minutos.
3 Enquanto isso, cozinhe a massa em água fervente e salgada.
4 Coloque todos os ingredientes em uma frigideira com o alho, sal pimenta-do-reino e um pouco de azeite. Junte a massa e misture bem.
5 Retire do fogo e salpique as amêndoas por cima do macarrão.

Filé de porco recheado
1, 4 kg de filé de porco
1 talo de salsão
50 g de azeitonas verdes sem caroço
100 g de tomates secos
100 g de pão ralado
2 colheres(sopa) de manjericão e alecrim picado
Azeite de oliva; sal e pimenta-do-reino

1 Limpe o salsão e pique-os junto com os tomates secos e as azeitonas.
2 Coloque em uma tigela e junte o pão ralado, as ervas aromáticas, sal e a pimenta.
3 Misture com azeite até obter um empasto úmido, mas em migalhas.
4 Corte o filé ao meio (sem separar as partes) e recheie com a mistura. Feche bem, se precisar, amarre com barbante. Sele a carne na frigideira com um pouco de azeite.
5 Em seguida, leve ao forno por 20 minutos coberto com papel alumínio. Ao retirar do forno, deixe a carne descansar coberta papel alumínio por 15 minutos. Só depois corte em fatias de 2 centímetros e sirva.

Tomates grelhados
6 tomates Débora
Orégano, azeite de oliva, sal e pimenta-do-reino

1 Corte os tomates no sentido do comprimento, coloque sal e deixe-os virados para baixo para que a água escorra.
2 Em uma tigela, faça uma emulsão de azeite, orégano, pimenta-do-reino e sal. Pincele a mistura sobre os tomates.
3 Grelhe por 10 minutos de cada lado. Retire a pele que se soltar e pincele o tempero novamente.

Arlequim: personagem italiano no Carnaval no Brasil

Arlequim é um personagem da Commedia dell´Arte (teatro popular italiano) que se vestia com roupa feita de retalhos coloridos. Ganhou fama pelo seu caráter duvidoso e apetite voraz. Arlequim adorava roubar doces, fumo e beijos das moças.

O Arlequim tornou-se famoso na Itália do século 15 e depois na França. Existe uma versão igualmente famosa do Arlequim também com origem italiana no Polichinelo.

O Arlequim foi um personagem disseminado no Brasil através dos blocos carnavalescos de rua. O carnaval brasileiro adaptou o arlequim ao malandro brincalhão e provocador, atrapalhando a festa em busca da Colombina.

Você sabia que Arlequim, Pierrot e Colombina formavam um triângulo amoroso? Saiba mais aqui.

Veja abaixo a coleção de louças da Vista Alegre inspiradas no personagem e a receita da “Torta Arlequim” divulgada pelo site Paladar.

Arlequim inspira coleção na porcela da Vista Alegre / Craft Design

Ingredientes Torta Arlequim

Para a torta
220g de açúcar
1 envelope de açúcar de baunilha
140g de manteiga em temperatura ambiente
4 ovos médios em temperatura ambiente
Casca ralada de 1 laranja
Casca ralada de 1 limão
300g de farinha de trigo
3 colheres (chá) de fermento químico em pó
100g de fécula de batata
100ml de leite em temperatura ambiente
1/4 de colher (café), ou mais, de corante alimentar azul, em pó
1/4 de colher (café), ou mais, de corante alimentar vermelho, em pó
1/4 de colher (café), ou mais, de corante alimentar azul, em pó
Manteiga para untar e farinha de trigo para polvilhar

Para a decoração
Balas coloridas
Açúcar de confeiteiro para polvilhar

Preparo
Na batedeira, bata o açúcar com o açúcar de baunilha e a manteiga amolecida. Junte os ovos inteiros, sempre batendo, até obter uma consistência cremosa.
Misture as cascas raladas da laranja e do limão, depois acrescente a farinha de trigo, o fermento em pó e a fécula de batata. Coloque o leite e bata um pouco mais.
Divida a massa em quatro partes iguais e coloque-as em recipientes separados. Mantenha uma das partes com a massa natural e nas outras três misture (em cada uma delas) um pouco de corante azul, vermelho e amarelo.
Unte com manteiga e polvilhe com farinha de trigo uma forma de torta com aro removível. Vá colocando as massas de diferentes cores, em camadas, às colheradas, no centro da forma, deixando um espaço vazio próximo à borda para que a massa se expanda, cobrindo todo o diâmetro da forma.
Asse em forno médio (180°C), preaquecido, por cerca de 50 a 60 minutos.
Desenforme a torta fria e sirva-a decorada com açúcar de confeiteiro e balas coloridas.