Polêmica: o fruto proibido era o figo, a maçã ou a banana?

maio 23, 2011 :: Posted by - Sandra Vasconcelos :: Category - cultura

No princípio, o fruto do pecado era o figo. A certeza foi baseada em forte indício relatado na Bíblia: ao comer o fruto proibido, Adão e Eva usaram “folhas de figueira” para cobrir “suas vergonhas”.

Entre os séculos 4º e 5º, o fruto proibido tornou-se maçã. Como? São Jerônimo, ao traduzir a Bíblia do hebraico para o latim,  usou a palavra malum ao se referir ao fruto proibido. Em latim, malum significa mal, mas também quer dizer maçã.

 

Polêmica: qual deles era o fruto probido no Jardim do Éden?

E a banana, o que tem a ver com isso? O ideia de que o fruto proibido pode ser a banana surgiu na Idade Média. Estudiosos afirmam que em tempos bíblicos a banana era chamada de figo — também chamada de Pomum paradisi (fruto do paraíso).

Interessante a observação de um dos estudiosos do tema. Para Dan Koeppel, autor de “Banana: o Destino da Fruta que Mudou o Mundo”, as folhas da figueira são pequenas demais para esconder as partes pudicas. Portanto, se Adão e Eva se cobriram, fizeram isso com folhas de bananeira, que são maiores, defende.

Richard Stemp, autor de “A Linguagem Secreta das Igrejas & Catedrais: Decifrando o Simbolismo Sagrado dos Edifícios Santos Cristãos”, revela que no teto de madeira da Igreja de São Miguel, em Hildeshein, na Alemanha, há uma pintura de Adão e Eva. Nela, Eva segura uma banana. E estão ao lado de uma bananeira, claro.

Quer mais detalhes? Leia o texto de Dias Lopes no Estadão: A Banana Proibida de Adão e Eva.

Tags: ,

Leave a Reply