Sobrou macarrão? Aproveite em deliciosas receitas

Existe uma campanha internacional contra o despedício de alimentos “Love Food, Hate Waste” (tradução: “ame a comida, deteste o desperdício”) e nós apoiamos a iniciativa! O Waste & Resources Action Programme (WRAP) descobriu que pessoas que planejam, criam listas de compras e monitoram os alimentos que têm disponíveis na despensa, desperdiçam menos comida do que os “compradores espontâneos”. E uma das ações da organização é incentivar as pessoas a tirar proveito das sobras de alimentos em novas receitas.

Dentro desta abordagem, abaixo sugerimos abaixo a omelete (frittata di pasta) e o suflê. Ambas aproveitam a sobra da massa que ficou na panela ou na travessa. Mãos à obra e buon appetito!

Omelete de macarrão

Omelete de macarrão leva ovos e queijo.
Omelete de macarrão leva ovos e queijo.

 

 

Ingredientes: 400 gr Pasta (ou sobras de massa – normalmente sobra massa de tomate)

4 ovos 40 gr Parmiggiano/parmesão (ralado)

100 gr mussarela (cortado em cubos)

10 gr Salsa (picada)

50ml Azeite Sal e pimenta (a gosto)

 

Em uma tigela, misture os ovos e o parmesão com uma pitada de sal e pimenta. Adicione o macarrão (ou sobras de macarrão) , salsa e mussarela nos ovos batidos até ficar bem misturado. Aqueça um pouco de óleo em uma frigideira e adicione a mistura de macarrão com ovos e cozinhe por 9 minutos de cada lado em fogo médio. Coloque sobre um prato e polvilhe o parmesão e salpique a salsa picada por cima.

Suflê de macarrão

Suflê de macarrão com queijo rende 10 porções.
Suflê de macarrão com queijo rende 10 porções.

 

 

(receita da Abima)

3 xícaras (chá) de sobras de macarrão cozido

500ml de leite frio

1 colher (sopa) de cebola cortada em cubinhos

1 envelope de caldo de legumes em pó

4 gemas 100ml de óleo

¾ de xícara de chá de farinha de trigo

1 colher de sopa de fermento em pó

50g de queijo tipo parmesão

50g de queijo tipo provolone (opcional)

½ xícara (chá) de cheiro verde fresco cortado

Sal e pimenta do reino a gosto

4 claras batidas em neve

Recheio

1 colher (sopa) de queijo tipo gorgonzola ralado grosso

100g de queijo tipo suíço ou prato, ralado ou em cubinhos

4 colheres (sopa) de requeijão firme

Noz moscada e pimenta-do-reino a gosto

Cobertura 50g de queijo tipo parmesão ralado

2 colheres (sopa) de farinha de rosca

Para assar 10 formas pequenas untadas com manteiga e polvilhadas com farinha de rosca

Recheio Misture os queijos com o requeijão, tempere com noz moscada e pimenta-do-reino a gosto. Reserve Massa Bata no liquidificador o macarrão, o leite, a cebola, o caldo de legumes e as gemas. Em uma tigela, misture o óleo, a farinha de trigo com o fermento, os queijos e o cheiro verde. Tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto. Por último, misture delicadamente as claras em neve Coloque uma porção de massa na forma, espalhe o recheio e cubra com mais uma porção de massa. Coloque a cobertura e leve para assar em forno médio até dourar Rendimento: 10 porções

Os princípios que movem o Dia Mundial do Macarrão

25 de outubro  Dia Mundial do Macarrão
25 de outubro
Dia Mundial do Macarrão

Desde 1995 vários países comemoram o “World Pasta Day” ou Dia Mundial do Macarrão. A data foi definida durante o 1º Congresso Mundial de Pasta, em Roma. Abaixo, os princípios da iniciativa que foram desenvolvidos pela associação dos membros da UN.AFPA (Associação Nacional de Pasta – Estados Unidos) com apoio das Associações da Venezuela e da Turquia:

— No dia 25 de outubro de cada ano, o Dia Mundial do Macarrão é comemorado na forma de eventos e iniciativas promocionais em diferentes países do mundo.

— O objetivo do Dia Mundial do Macarrão é chamar a atenção da mídia e os consumidores e destacar que o macarrão é um alimento global, consumido em todos os cinco continentes, com méritos inquestionáveis​​, apropriado para um estilo de vida dinâmico e saudável, capaz de atender tanto as necessidades alimentares primários e os de gastronomia de alto nível.

— Cada país comemora o Dia Mundial do Macarrão em absoluta autonomia, respeitando uma estratégia global, fazendo uso do logotipo oficial do evento;

— A principal mensagens é enfatizar a viabilidade econômica, a versatilidade gastronômica e valor nutricional do macarrão.

 

 

 

Sociedade secreta criou o Spaghetti alla Carbonara

Uma das histórias ligadas à unificação italiana – que comemorou 150 anos em 2012 –, é a receita do “Espaguete alla Carbonara” (Espaguete à Cardonara), que teria sido criado por membros da Carbonária.

A Carbonária era uma sociedade secreta e revolucionária que atuou em alguns países da Europa. Fundada na Itália por volta de 1810, participou de revoltas ao longo do século XIX, incluindo a guerra pela unificação italiana.

O nome deriva de carbonaro, carvoeiro em italiano. Seus membros supostamente se encontravam nas cabanas de carvoeiros, daí o nome.

A receita original de Roma é preparada com ovos, queijo parmesão, queijo pecorino romano, toucinho, pimenta preta e ainda banha, azeite ou manteiga. Há ainda a versão com nata mas não é um ingrediente da receita original.

O toucinho mais utilizado é o denominado guanciale (bochechas de porco), mas é comum substituir por outros toucinhos. O resultado final da receita original não é uma massa com um molho abundante: os ovos e o queijo aderem aos fios de massa, formando uma espécie de capa, com pedaços de toucinho espalhados.

Há uma versão de Espaguete alla Carbonara anglo-americana com acréscimo de alho, ervilhas e, eventualmente, cogumelos.

Em ambas as versões da receita, os ovos são adicionados crus ao molho e acabam por cozer apenas com o calor da massa.

Spaghetti alla Carbonara: é só pedir que o chef faz (não está no cardápio)
Spaghetti alla Carbonara: é só pedir que o chef faz (não está no cardápio)

Macarrão com feijão é tradicional na Itália

Tem gente que acha que é invenção de brasileiro. Mas o “feijão com macarrão” é uma das receitas mais tradicionais da Itália e tem várias versões.

O consumo do prato é popular em todo o país, mas apesar de ter nascido nas tabernas antigas de Roma, sabe-se que Veneto e Toscana são o duas regiões consideradas hoje o berço do prato de Pasta e Fagioli.

Na região de Veneto era tradição rural para preparar o feijão com pasta no início do outono. Trata-se de uma comida associada aos camponeses porque é nesta época em que o porco é abatido. Ou seja, o bacon e o feijão são os ingredientes que são produzidos ali mesmo… no próprio quintal.

Prepare 1/2 litro caldo de carne ou de legumes e reserve. Pique 1 cebola, 1 cenoura e 1 talo de aipo (salsão) e 1 dente de alho (1) coloque para refogar em 2 colheres de sopa de óleo(2). Acrescente  uma xícara de molho de tomate (3);
Prepare 1/2 litro caldo de carne ou de legumes e reserve. Pique 1 cebola, 1 cenoura e 1 talo de aipo (salsão) e 1 dente de alho (1) coloque para refogar em 2 colheres de sopa de óleo(2). Acrescente uma xícara de molho de tomate (3);

 

deixe ferver  e acrescente  1 concha de caldo de carne ou legumes e deixe reduzir e reserve (4). Pique pedacinhos de bacon e frite em panela antiaderente, em seguida, adicione o feijão cozido e mais duas conchas de caldo e deixe ferver por alguns minutos para que o feijão absorva o caldo (5). Neste ponto, adicionar os grãos com o bacon frito no sofrito (legumes picados e molho de tomates reservados) e cozinhe em conjunto durante alguns minutos (6).
deixe ferver e acrescente 1 concha de caldo de carne ou legumes e deixe reduzir e reserve (4).
Pique pedacinhos de bacon e frite em panela antiaderente, em seguida, adicione o feijão cozido e mais duas conchas de caldo e deixe ferver por alguns minutos para que o feijão absorva o caldo (5). Neste ponto, adicionar os grãos com o bacon frito no sofrito (legumes picados e molho de tomates reservados) e cozinhe em conjunto durante alguns minutos (6).

 

Coloque para ferver o macarrão de sua escolha (pode ser massa curta ou longa) em água salgada (7) depois de cozida, junte com o feijão que você preparou (8). Finalize comum pouco mais de azeite e pimenta preta moída. Sirva quente.
Coloque para ferver o macarrão de sua escolha (pode ser massa curta ou longa) em água salgada (7) depois de cozida, junte com o feijão que você preparou (8). Finalize comum pouco mais de azeite e pimenta preta moída. Sirva quente.

Fonte: http://ricette.giallozafferano.it/

Pasta com camarão e abobrinha ganha prêmio em SP

Finalistas e organizadores do 1º Pasta Gourmet

O 1º Pasta Gourmet Contest Delverde premiou Carlo Peccenini pela criação do tagliatelle de camarão e abobrinha, servido com filé de porco recheado e tomates grelhados (veja receita abaixo).

No evento que escolheu o chef Peccenini, os chefs cozinharam sob  as vistas do público presente com prazo cronometrado (1h30). Os finalistas foram julgados pela apresentação, criatividade e sabor.

O evento foi uma iniciativa conjunta da marca Delverde, do restaurante Friccó e da Associação Brasileira de Alta Gastronomia (Abaga).

O chef vencedor ganhou uma viagem para a região italiana de Abruzzo.

Vencedor foi Carlo Peccenini.

Tagliatelle de camarão e abobrinha
6 porções

500 g de tagliatelle
400 g de camarão limpo
4 abobrinhas italianas
10 folhas de manjericão
6 folhas de hortelã
3 dentes de alho
50 g de amêndoas laminadas torradas
Azeite de oliva; sal e pimenta-do-reino

1 Corte as abobrinhas em fatias de 2 a 3 milímetros de espessura. Passe na frigideira para grelhar e, em seguida, corte-as em tiras. Reserve.
2 Limpe  os camarões e grelhe-os por 5 minutos.
3 Enquanto isso, cozinhe a massa em água fervente e salgada.
4 Coloque todos os ingredientes em uma frigideira com o alho, sal pimenta-do-reino e um pouco de azeite. Junte a massa e misture bem.
5 Retire do fogo e salpique as amêndoas por cima do macarrão.

Filé de porco recheado
1, 4 kg de filé de porco
1 talo de salsão
50 g de azeitonas verdes sem caroço
100 g de tomates secos
100 g de pão ralado
2 colheres(sopa) de manjericão e alecrim picado
Azeite de oliva; sal e pimenta-do-reino

1 Limpe o salsão e pique-os junto com os tomates secos e as azeitonas.
2 Coloque em uma tigela e junte o pão ralado, as ervas aromáticas, sal e a pimenta.
3 Misture com azeite até obter um empasto úmido, mas em migalhas.
4 Corte o filé ao meio (sem separar as partes) e recheie com a mistura. Feche bem, se precisar, amarre com barbante. Sele a carne na frigideira com um pouco de azeite.
5 Em seguida, leve ao forno por 20 minutos coberto com papel alumínio. Ao retirar do forno, deixe a carne descansar coberta papel alumínio por 15 minutos. Só depois corte em fatias de 2 centímetros e sirva.

Tomates grelhados
6 tomates Débora
Orégano, azeite de oliva, sal e pimenta-do-reino

1 Corte os tomates no sentido do comprimento, coloque sal e deixe-os virados para baixo para que a água escorra.
2 Em uma tigela, faça uma emulsão de azeite, orégano, pimenta-do-reino e sal. Pincele a mistura sobre os tomates.
3 Grelhe por 10 minutos de cada lado. Retire a pele que se soltar e pincele o tempero novamente.

Receitas italianas ilustradas por artistas

O They Draw and Cook convida artistas e ilustradores para desenhar várias receitas. A proposta surgiu do casal Nate e Sally.

Eles contam que ao fazer uma receita de Fettuccine and Figs in a Balsamic Butter Sauce (Fettuccine e Figos com Balsâmico e Manteiga de Ervas) Nate comprou figos tão lindos que acabou por inspirar Sally a pintá-los em um quadro.

Daí surgiu a ideia de ilustrar receitas e criar um blog e começaram a convidar as pessoas para fazerem o mesmo. Agora, o objetivo é que o blog se transforme em um livro.

Se você não tem talento com as panelas, mas domina lápis e pincéis, eis a chance de entrar em um livro de gastronomia!

Abaixo, algumas ilustrações que garimpamos no blog com o tema Pasta. Clique nas imagens para ampliar.

Pasta al Limone, por Wendy Edelson
Pasta com Ervas, por Naomi Bardoff
Pasta a moda do Rudolph, por Kristian Jackson
Spaghetti, por Sarah Straub
The Original Spaghetti, por Sara Lecca
Spaghetti al Pomodoro, por Serena Veslemoy
Swiss Alpine Macaronies, por Stefanie Hess